15 de Fevereiro de 2011

 

A SIC apresentou esta terça-feira um programa vocacionado para a saúde que é a sua mais recente aposta para a grelha de 2011.O médico Miguel Stanley é a cara do formato, ainda sem nome definido, que vai estrear após o Verão e promete “transformar pessoas comuns em pessoas felizes”, nas palavras do director de programas, Nuno Santos.

 

O programa já está na fase de castings porque é um formato que obriga a “trabalhar com muito avanço, porque só será eficaz com muito tempo de produção, para perceber como é que estas pessoas vão estar” dentro de alguns meses, aponta o responsável da estação.

Cerca de 60 pessoas vão ser acompanhadas por uma vasta equipa médica, entre cirurgiões plásticos, dermatologistas, psicólogos e nutricionistas, entre outras áreas.

 

A consultoria de imagem é outra das passagens no caminho. “O programa é sobre a saúde, não é sobre estética”, esclarece Miguel Stanley, que quer utilizar o formato como “uma plataforma para educar” os portugueses sobre vários temas relacionados com o bem-estar e demonstrar que “a beleza não pode nunca ultrapassar a linha do saudável”.

 

O objectivo é “encontrar o patamar de saúde em que as pessoas se sintam mais bonitas”, explica o médico, garantindo que a cirurgia nem sempre será a solução para os pacientes que aceitem o desafio da SIC.

 

“Neste programa vão ouvir muitos 'nãos'. O ‘Não’ é a palavra mais forte que um médico de estética pode e deve usar”, reforça o clínico, que pode optar por soluções como exercício físíco e dietas regradas para muitos casos.

 

A produção ainda está à procura de 30 candidatos a pacientes para participarem nas duas séries de 13 episódios. Miguel Stanley disse ainda que vão ser gravados dois episódios-piloto em inglês e espanhol com o objectivo de exportar o formato.

 

NOTICIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 19:12

O ataque às principais estrelas da televisão nacional continua. Depois das grandes transferências de 2010 – em que Fátima Lopes trocou a SIC pela TVI e Júlia Pinheiro, Rogério Samora e Gabriela Sobral, entre outros, fizeram o percurso inverso – os dois canais continuam a sondar os talentos do adversário.

 

O Correio da Manhã sabe que Pedro Granger, actualmente a participar na novela ‘Sedução’, foi contactado por responsáveis de Carnaxide. De recordar que o actor foi o último parceiro de Júlia Pinheiro em Queluz de Baixo, com quem apresentou ‘Casa dos Segredos’. Do lado da TVI, apurou o CM, houve sondagens a Cláudia Vieira, que apresentou recentemente o programa ‘Ídolos’. Também Rui Porto Nunes, que deverá integrar o elenco da próxima novela da SIC, estará a ser sondado pelos responsáveis do canal de Queluz de Baixo.

 

Entretanto, e depois de perder vários actores para a SIC, a TVI fechou contrato de exclusividade com oito nomes. Foi o caso de Pedro Górgia, Pedro Carvalho, Ricardo Sá e Pedro Barroso, namorado de Isabel Figueira. Também Sara Barradas, Júlia Belard, Mafalda Pinto e Catarina Gouveia assinaram um vínculo de exclusividade com o canal.

 

Parte destes actores vão integrar o elenco de ‘Anjo Meu’, a próxima novela de António Barreira.

 

NOTICIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 19:10
14 de Fevereiro de 2011

 

Tal como na semana passada, os espectadores preferem, ao sábado, assistir aos canais cabo e vídeo em detrimento das emissões generalistas. Anteontem, o conjunto das estações temáticas registou 25,6% de quota, contra os 24,1% da TVI, os 22,9% da SIC e dos 22,6% da RTP1.

A categoria canais cabo e vídeo engloba os canais distribuídos pelos operadores por cabo, gravações vídeo e o tempo despendido no visionamento de Dvs, segundo explica fonte da Mediamonitor, da Marktest.

 

Para este resultado, contribuíram as audiências da SIC Notícias, o quarto canal da tabela, do infantil Panda, o quinto, da SportTV, o sexto, e do AXN, o oitavo. O segundo canal público, a RTP2, posicionou-se em sétimo.

 

No sábado anterior, dia 5, o comportamento do espectador tinha seguido igual tendência - os canais cabo, com 26,5%, ficaram à frente da TVI.

 

NOTICIA JORNAL DE NOTÍCIAS

publicado por Portugal TV às 11:52

 

O CM sabe que o canal de Queluz está a preparar o regresso de ‘Secret Story’ (‘Casa dos Segredos’), ainda sem data marcada, o qual pode ter Fátima Lopes como anfitriã, apesar de o nome do veterano Manuel Luís Goucha já ter surgido como o mais provável para substituir Júlia Pinheiro.

Certo é que, independentemente de vir a apresentar um dos programas com mais sucesso do canal, Fátima Lopes garante já estar a viver uma experiência única em 16 anos de carreira. "Nunca trabalhei dentro de nenhuma estação de televisão. E agora que passei para dentro da TVI tudo mudou. Sinto que sou uma peça da engrenagem. Se isto é um corpo, eu sou um órgão", diz a apresentadora, acrescentando: "O facto de a minha mudança me ter levado para dentro de uma estação é uma estreia para mim. Sinto-me da casa, a vestir a camisola de uma maneira incrível."

 

Antes de ‘A Tarde é Sua’, Fátima começou na TVI a apresentar ‘Agora é que Conta’ e já passou o testemunho a Leonor Poeiras, experiência que muito valoriza: "Aprendi muito, muita coisa válida para a minha profissão. Estou muito tranquila". A apresentadora será uma peça fundamental na celebração do 18º aniversário da TVI, no dia 20 de Fevereiro.

 

NOTÍCIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 11:39

 

Querida Júlia’, com estreia marcada para 14 de Março, é a arma da SIC para ganhar a liderança do horário das manhãs. Pela frente, Júlia Pinheiro vai encontrar ‘Você na TV!’, de Manuel Luís Goucha, um amigo e colega de longa data na TVI, e ‘Praça da Alegria’, da RTP 1.

 

Para este combate Júlia Pinheiro já definiu as prioridades. "Estamos a trabalhar violentamente para nos rodearmos de todos os elementos e artifícios para lançar uma proposta competitiva", diz a directora de Conteúdos da SIC à Correio TV. Júlia coloca os objectivos de forma muito clara: "Tenho a firme convicção de que a médio prazo vamos liderar o horário", revela. Para tal, começou desde logo a montar a estratégia. Rescindiu com a produtora MBTV, de Manolo Bello, e contratou a Endemol, com quem fez, por exemplo, ‘Casa dos Segredos’, o último projecto que conduziu na TVI. Garantida está também a saída de alguns profissionais do ‘Companhia das Manhãs’, como Francisco Menezes, que já se despediu do público. Em sentido contrário, Hernâni Carvalho, Ana Marques e Cláudio Ramos vão continuar e receber novos colaboradores, que serão decididos nos próximos dias. Além disso, Júlia vai contar com três editores, dois contratados à TVI: Rosário Mendonça e Filipa Mourato. Artur Cassiano, antigo director de Informação do Rádio Clube, fecha a equipa de editores. É com este grupo que Júlia espera ganhar público à concorrência. E a apresentadora deixa já um aviso: "Mal os tenha a olhar para mim, não os largo mais".

 

Sem adiantar pormenores sobre o formato, que a SIC mantém em segredo, Nuno Santos, director de Programas, apenas diz que "terá uma componente forte de actualidade". Explica ainda que vai "reflectir a maneira de ser e de estar da Júlia". Ou seja, terá um ambiente "muito descontraído, interventivo e vai tentar animar as pessoas". A meta é recuperar audiência num horário que, nos últimos tempos, tem sido um dos pontos fracos da estação. Em Janeiro, por exemplo, o espaço teve menos de metade do share de ‘Você na TV!’, que lidera o horário mas que é seguido de perto por ‘Praça da Alegria’.

 

Do lado da TVI não são esperadas grandes alterações a um modelo bem sucedido. Ainda assim, é provável que Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira introduzam novas rubricas e colaboradores.

 

À Correio TV Manuel Luís Goucha diz estar "consciente de que a Júlia vai puxar pelo horário das manhãs da SIC, que está moribundo, e vai munir-se de todas as armas". "É um registo onde ela é mestre, tal como eu e a Cristina [Ferreira], a Sónia [Araújo] e o Jorge Gabriel [RTP1]".

Neste sentido, Manuel Luís Goucha afirma que vai existir "uma concorrência diabólica a partir do dia 14". E apesar de desejar "o melhor à Júlia", deixa um aviso: "Não me apetece perder". "Eu, a Cristina e a nossa equipa tudo faremos para não facilitar a vida à Júlia", sublinha.

 

As manhãs são o primeiro objectivo da directora de Conteúdos da SIC, mas não o último. ‘Peso Certo’ (‘Biggest Loser’), que vai arrancar nas noites de domingo em Abril ou Maio, já começou com as fases de castings e é uma das grandes apostas da SIC. "É o formato de que toda a gente fala, estão todos entusiasmados e curiosos e as expectativas são as melhores", diz Júlia Pinheiro. O concurso vai ter entre 16 a 20 concorrentes, que vão competir em duplas. Estes vão viver numa casa nos arredores de Lisboa durante o programa e vão ser acompanhados por uma equipa de dez pessoas, entre médicos e treinadores.

 

Júlia Pinheiro só vai dar a cara no dia da estreia, mas está a acompanhar a produção de perto. À margem da apresentação de ‘A Família Mata’ (ver na página 20), Nuno Santos disse à Correio TV que as pessoas que apareceram no primeiro casting, em Lisboa, apresentaram "histórias muito poderosas". "Ficámos verdadeiramente impressionados com o que vimos", disse. Agora segue-se um segundo casting, no Porto, existindo ainda a possibilidade de um terceiro, novamente em Lisboa. Depois entra a fase de entrevistas finais, que vai reduzir o leque de centenas de candidatos aos finalistas. Até ao momento, apareceram várias duplas familiares, como marido e mulher e pai e filhos, mas também amigos e colegas de trabalho.

 

Mas nem só de Júlia Pinheiro se fazem as novidades da SIC. Em Março vai estrear o programa de Manuela Moura Guedes. O formato, sabe a Correio TV, está fechado e o programa está em pré-produção. A equipa que vai trabalhar com a jornalista ainda não está decidida, mas parece cada vez menos provável que a mesma venha da TVI. Isto porque Manuela gostava de contar com antigos colegas do ‘Jornal Nacional de Sexta’. Só que estes fazem parte dos quadros da TVI e o que a SIC poderá oferecer é um contrato a prazo, tal como o de Manuela, que fechou o acordo para 13 programas.

 

Do lado da TVI, a expectativa recai na estreia de ‘Uma Canção para Ti’, que será apresentado por Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira, a dupla das manhãs da estação de Queluz. Rita Pereira, Sofia Ribeiro, Luís Jardim e o músico Cifrão serão os elementos do júri do concurso, que estreia a 20 de Fevereiro e vai estar no ar seis domingos, competindo directamente com ‘Portugal Tem Talento’, de Bárbara Guimarães. A dúvida está no que a TVI está a reservar para as noites de domingo após o final deste concurso, fase em que Júlia Pinheiro vai arrancar com ‘Peso Certo’. O plano B passa por fazer especiais de telenovelas aos domingos, nomeadamente com ‘Anjo Meu’, cuja estreia está marcada para Março. Lançar um programa de raiz é outra opção, com ‘Mulheres Ricas’ a ser uma possibilidade. O formato espanhol está a ser negociado há meses, mesmo quando Júlia Pinheiro estava na TVI, e poderá agora preencher este espaço. Contudo, à Correio TV, fonte da estação adianta que não há nenhum acordo fechado e diz ser difícil estrear o programa em Abril ou Maio. Fátima Lopes tem sido apontada como a possível apresentadora, mas isso significaria uma alteração radical face ao original, já que ‘Mujeres Ricas’, da espanhola La Sexta, aposta na narração e tem poucos espaços de apresentação. Contudo, a hipótese de oferecer um espaço à apresentadora para as noites de fim-de-semana está a ser estudada em Queluz.

 

ANA MARQUES: AO LADO DE JÚLIA

 

É um dos rostos mais antigos da SIC e amiga pessoal de Júlia Pinheiro. Ana Marques faz parte da actual equipa de ‘Companhia das Manhãs’ e tem lugar garantido em ‘Querida Júlia’. Marques foi a escolhida para ir buscar Júlia Pinheiro e acompanhá-la no regresso à SIC.

 

RITA PEREIRA E SOFIA RIBEIRO: ACTRIZES NO JÚRI DE 'UMA CANÇÃO PARA TI'

 

Rita Pereira e Sofia Ribeiro, duas actrizes da TVI, vão integrar o júri do concurso de talentos infantil ‘Uma Canção para Ti’. A equipa de avaliadores fica completa com Luís Jardim e o músico Cifrão. Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira apresentam o programa.

 

NOTÍCIA CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 11:36
10 de Fevereiro de 2011

 

 

 

David Dinis, editor de Política do jornal Diário de Notícias, demitiu-se do cargo em Janeiro em litígio com o director do diário, João Marcelino, que impediu a publicação de uma notícia sobre o facto da operadora de telecomunicações TMN ter destruído parte dos dados de tráfego telefónico de Armando Vara (ex-vice-presidente do BCP), de Rui Pedro Soares (ex-administrador da PT) e de Paulo Penedos (ex-assessor da PT), no âmbito do processo Face Oculta.

 

A notícia estava pronta há algum tempo, mas João Marcelino não autorizou a sua publicação, tendo entretanto o Correio da Manhã e o Sol acabado por a publicar.

Ontem, David Dinis confirmou ao PÚBLICO que já não ocupa o cargo de editor, tendo recusado a comentar o motivo que esteve na origem do abandono. João Marcelino, por sua vez, não respondeu ao pedido de esclarecimento do PÚBLICO e quando contactado através do seu telemóvel pessoal desligou a chamada. Tal ocorreu depois da jornalista do PÚBLICO lhe ter explicado por que estava a ligar e ter dito que tinha tido o cuidado de confirmar a informação que lhe chegou. Antes disso, já o PÚBLICO tentara obter um comentário através do elemento da direcção que estava ontem a fechar o jornal, o sub-director Nuno Saraiva, que também se recusou a falar.

A questão da manipulação dos meios de comunicação social foi amplamente discutida após a divulgação de escutas telefónicas do Face Oculta. Na altura, o semanário Sol revelou que a 20 de Junho de 2009, quando os termos da compra da TVI pela PT estavam a ser negociados e Rui Pedro Soares se preparava para viajar para Madrid, Paulo Penedos e o então administrador da PT discutiram quem ficaria à frente da estação e da Media Capital. Rui Pedro diz que "uma das razões para ser a PT a comprar" é ele próprio "poder ir" para a estação. Diz que até já "está escolhido o director de informação - o Paulo Baldaia", director da TSF ( do grupo Controlinveste que comprou a Lusomundo Serviços). Penedos lembra que o jornalista "é dado como próximo do Tó-Zé" (referindo-se a António José Seguro, de quem Baldaia foi assessor de imprensa). Rui Pedro Soares responde que Paulo Baldaia "vai ser muito importante porque o João Marcelino é amigo do gajo, temos a Lusomundo tratado [ou seja DN/JN/TSF]".

 

NOTÍCIA PÚBLICO

publicado por Portugal TV às 22:12
09 de Fevereiro de 2011

Fátima Lopes cumpriu o primeiro mês na condução do programa A Tarde é Sua, um magazine que se centra nos temas sociais e familiares, destacando as experiências positivas de cada convidado. A Tarde é Sua conta também com o passatempo As Estrelas da Tarde, que garante um prémio monetário a cada participante.

 

No primeiro mês de exibição, entre 3 e 31 de Janeiro, o programa de Fátima Lopes alcançou 3.5% de audiência média e 31% de share. Na emissão de estreia, a 3 de Janeiro, segunda-feira, A Tarde é Sua registou 3.9% de audiência média e 34.2% de share. No entanto, foi no dia 5 de Janeiro, quarta-feira, que o magazine obteve o melhor resultado do mês, com 4.6% de audiência média 33.3% de share.

 

 

No tempo por espectador, a emissão transmitida a 12 de Janeiro, quarta-feira, registou o melhor consumo com 46 minutos, o que equivale a cerca de 35% da duração total do magazine. O programa de 5 de Janeiro registou um consumo por espectador de 43 minutos, o que corresponde a, aproximadamente, 31% da duração do evento. Já na estreia o consumo por espectador chegou perto dos 41 minutos. Cada espectador viu mais de 34% da duração total do programa.

 

 

Relativamente ao perfil de audiência, por região, A Tarde é Sua registou, no primeiro mês, a melhor adesão no Litoral Norte e Interior do país. Por classe social, dominou a classe mais baixa (Classe D), representando mais de 44% da audiência. Em relação ao género, a melhor adesão pertenceu à população Feminina. Por último, no que respeita à faixa etária, o programa de Fátima Lopes deteve a melhor audiência junto da população mais idosa (mais de 64 anos), responsável por um consumo de 37%.

 

Análise realizada pela MediaMonitor com base em dados retirados do MMW/Telereport.

publicado por Portugal TV às 18:58

 

Janeiro trouxe boas notícias à SIC. O canal de Carnaxide conseguiu - muitos meses depois - voltar ao segundo lugar das audiências mensais. Venceu a RTP, ao conquistar 24.1% de share contra os 23.4% da televisão pública.

 

Impávida e serena segue a TVI. Alheia a estas batalhas, o canal de Queluz de Baixo conquistou em Janeiro 28% de share mantendo intacta a liderança.

 

A TVI é, aliás, o canal mais estável nas audiências quer quando comparamos os resultados de Dezembro 2010 com Janeiro 2011, quer comparando Janeiro 2011 com o período homólogo.

 

Já a SIC regista uma grande subida de Dezembro para Janeiro passando de 22.4% para os já referidos 24.1%. No entanto, a SIC perde quando comparamos com Janeiro do ano passado. Perde, desde logo, na audiência geral porque passa de 25.2% para 24.1% e, perde no target comercial - o mais importante em termos de audiência - porque desce de 27.2% para 23.9%.

 

E esta não é uma descida que possa ser ignorada como aconteceu no comunicado de audiências do grupo Impresa. Perder cerca de 4 p.p. no target comercial é grave. É para estes números que as agências publicitárias olham quando assinam contratos comerciais. São muitos milhares de telespectadores em idade activa - logo, com poder de compra - que a SIC perdeu em 12 meses.

 

Já a TVI conseguiu subir duas décimas percentuais na captação do target comercial passando de 27.5% em Janeiro de 2010 para 27.7% em Janeiro deste ano.

 

Dizer ainda que a RTP perdeu share e target de Janeiro de 2010 para Janeiro de 2011.

 

EU JORNALISTA

publicado por Portugal TV às 12:38
últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
19
20
26
27
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
19
20
26
27