23 de Fevereiro de 2011

 

José Alberto Carvalho é o homem que se segue a Júlio Magalhães na direcção de informação da TVI. (em actualização)

Depois de um primeiro pedido para sair feito em Dezembro, Júlio Magalhães abandonou a direcção de informação da TVI, para regressar ao Porto onde vive. «Pediram-me para aguentar até às eleições [presidenciais] e foi o que fiz», explicou ao SOL.

 

O anúncio foi feito ontem à noite, na festa do 18.º aniversário da TVI, em Lisboa, tal como tinha ficado «decidido».

 

O jornalista acredita que este é um bom momento para abandonar o cargo que assumiu há cerca de ano e meio, certo de que a informação do canal «está estabilizada e com boas audiências».

 

Mas avança que a razão que o levou a sair de Queluz são também os «148 mil quilómetros» que fez nos últimos meses, para ir ter com a família ao Porto.

 

NOTÍCIA E FOTO JORNAL SOL

publicado por Portugal TV às 14:56

 

 

O director de Informação da TVI, Júlio Magalhães, anunciou ontem a demissão do cargo no jantar do 18.º aniversário da estação.

 

"A TVI faz 18 anos, eu faço 18 meses de direcção, está na hora de partir", disse. Júlio Magalhães ocupava o cargo desde Setembro de 2009, após a saída de João Maia Abreu, na sequência do fim do ‘Jornal Nacional' de Manuela Moura Guedes.

 

Questionado pelo CM sobre os motivos que levaram ao pedido de demissão, o jornalista aditantou que a decisão se deve "à família e aos 180 mil quilómetros que fez durante os 18 meses no cargo". Recorde-se que Júlio Reside no Porto mas tem de se deslocar a Lisboa várias vezes por semana por motivos profissionais.

 

Apesar da demissão, Júlio e os restantes membros da direcção de Informação, Mário Moura e José Carlos Castro, irão manter-se nos cargos até serem encontrados substitutos.

 

Desconhece-se ainda se algum dos membros irá integrar uma futura direcção.

Júlio Magalhães vai manter-se como jornalista da estação, mas irá voltar para a delegação do Porto. No entanto, irá continuar a apresentar o Jornal Nacional, que conta com a participação de Marcelo Rebelo de Sousa.

 

NOTÍCIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 14:55
22 de Fevereiro de 2011

Shares para 2011-02-21 > > >  
RTP 1 RTP 2 SIC TVI Cabo
23.0 4.2 21.9 25.4 25.6
Top 5 de Programas para Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011
# Canal Início Descrição Rat% Shr%
1 TVI 21:45:16 ESPIRITO INDOMAVEL 15.6 37.8
2 TVI 22:46:06 MAR DE PAIXAO 11.2 32.2
3 RTP1 20:00:00 TELEJORNAL 10.9 26.1
4 TVI 19:59:55 JORNAL NACIONAL 10.6 25.2
5 SIC 19:59:58 JORNAL DA NOITE 10.1 24.4

Dados de audiência retirados do e-telereport.com

 

É certo que não é a primeira vez que o universo dos canais Cabo vencem o dia aos generalistas. Aconteceu recentemente e, em dois Sábados consecutivos.

 

Mas a estrondosa novidade é o facto de que, pela primeira vez na história da televisão portuguesa, os canais cabo ultrapassaram os generalistas num dia de semana. Se é certo que, esta segunda-feira a SportTV transmitiu o Sporting-Benfica e conquistou excelentes resultados, também é verdade que, ao longo da história do canal do desportivo, já muitos derbys e clássicos foram transmitidos sem que o cabo tenha conquistado um resultado semelhante.

 

Mais uma vez, este resultado - muito "empurrado" pelos resultados da SportTv - veio pôr a nú a fraqueza de todos os canais generalistas. Que o cabo tem vindo a ganhar terreno todos os dias, já ninguém duvida. A pergunta agora é: conseguirá o cabo, a tempo, conquistar a liderança mensal aos canais generalistas? Já estivemos mais longe...

 

EU JORNALISTA

publicado por Portugal TV às 10:40
21 de Fevereiro de 2011

Shares para 2011-02-20 > > >  
RTP 1 RTP 2 SIC TVI Cabo
19.1 3.3 26.1 27.7 23.8
Top 5 de Programas para Domingo, 20 de Fevereiro de 2011
# Canal Início Descrição Rat% Shr%
1 TVI 19:59:55 JORNAL NACIONAL 14.3 32.8
2 SIC 21:39:26 PORTUGAL TEM TALENTO 13.8 33.2
3 TVI 21:42:20 UMA CANÇAO PARA TI 12.6 37.4
4 SIC 19:59:58 JORNAL DA NOITE 12.1 28.0
5 SIC 21:03:23 GRANDE REPORTAGEM - NOS BASTIDORES DA IRMANDADE MUÇULMANA 11.3 25.4

Dados de audiência retirados do e-telereport.com

publicado por Portugal TV às 09:54
18 de Fevereiro de 2011

 

Os sindicatos da RTP, que ontem estiveram reunidos, decidiram enviar uma carta ao conselho de administração da empresa, que hoje será entregue, para questionar se existiram aumentos a alguns funcionários do grupo após o Governo anunciar medidas como o corte nos salários das empresas públicas.

 

A suspeita dos sindicatos prende-se com diferenças remuneratórias de alguns funcionários, que de Outubro de 2009 a Dezembro de 2010 viram o salário aumentar. Ora em Outubro de 2009 os aumentos desse ano já tinham sido atribuídos, e em 2010 a RTP revelou que iria cumprir a decisão do Governo de congelamento de salários.

 

Entre os aumentados estão alguns rostos conhecidos, como é caso de Maria Elisa, a jornalista que está afastada do ecrã desde o Verão de 2009. Em Outubro desse ano recebia um total (bruto) de 6501 euros. Um valor que em Dezembro de 2010 era de 7695 euros.

 

Ao CM, fonte oficial da RTP adiantou que "o plano de reestruturação iniciado no início de 2010 tinha implícitos alguns ajustamentos de remunerações de responsáveis de áreas técnicas e editoriais durante o ano".

 

DIRECTORES SÃO DOS QUE MAIS RECEBEM

 

Entre os casos em que há aumentos salariais estão vários directores de departamento, de informação e mesmo de canais do grupo RTP. As maiores revisões dizem respeito, por exemplo, ao director de logística, ao responsável pelo departamento de informática, ao director de sistemas de tecnologia e ao de emissão. Quem também teve revisão salarial entre Outubro de 2009 e Dezembro de 2010 foi João Paulo Barreiros (director de informação na Antena 1) e Hugo Andrade (director da RTP Memória). Alguns jornalistas e correspondentes também tiveram aumentos.

 

NOTICIA CORREIO DA MANHà

publicado por Portugal TV às 11:44
17 de Fevereiro de 2011

 

Lara Logan, correspondente da CBS e repórter de ‘60 Minutos’, foi sexualmente agredida quando fazia a cobertura dos festejos na praça Tahrir, no Cairo, após a renúncia do presidente egípcio Hosni Mubarak, na passada sexta-feira.

 

Logan, 39 anos, casada e mãe de duas crianças, separou-se da sua equipa ao ser rodeada por uma multidão de cerca de 200 pessoas. Na confusão, foi agredida e "sofreu um ataque sexual brutal e ininterrupto", revelou a CBS em comunicado. A agressão durou entre 20 e 30 minutos, tendo a repórter sido salva por um grupo de mulheres e militares. Na manhã seguinte, regressou aos EUA, onde deu entrada no hospital. A jornalista recupera agora em casa.

 

Márcia Rodrigues, editora de política internacional da RTP e enviada ao Cairo, não ficou surpreendida. "Nessa noite, eu e o Carlos Matias [repórter de imagem] fomos ameaçados. No meio da multidão, dois indivíduos vieram ter connosco dizendo: ‘Go! Go! Go!’ [Vão! Vão! Vão!], ao mesmo tempo que faziam o gesto de cortar a cabeça. Fizemos a reportagem e saímos dali", conta a repórter, que nunca se sentiu tão ameaçada.

 

"Não sendo um cenário de guerra, nunca pensei que fosse tão perigoso. De tal forma que os jornalistas tiveram de ser retirados do hotel e protegidos por colunas militares, porque os manifestantes disparavam sobre as janelas." Márcia Rodrigues revela que apanhou vários sustos no Egipto. "Eles cercavam-nos, agarravam--nos, tiravam-nos os microfones. Uma vez fiquei presa no meio da multidão, quase a sufocar. Fui salva por um manifestante, que me atirou para o outro lado da cerca. Tive muita sorte."

 

NOTÍCIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 14:54

 

O Sindicato dos Jornalistas denunciou ontem, através de comunicado, que a Prisa, que controla a Media Capital, "não joga limpo", a propósito de abordagens feitas a jornalistas da TVI tendo em vista o despedimento "disfarçado" de rescisões por mútuo acordo. A estação desvaloriza.

 

Contactada pelo CM, a TVI defende que "não se trata de despedimentos", mas de "contratos a termo que não foram renovados, assim como pessoas que sairam por livre iniciativa." A estação adianta ainda que foram contratadas outros profissionais, sendo que o número de colaboradores da empresa "mantém-se estável" e diz que este "processo normal no decorrer das operações de qualquer empresa nada tem a ver com a reestruturação do Grupo Prisa."

 

No comunicado enviado pelo Sindicato dos Jornalistas (SJ) pode ler-se: "A TVI, do grupo português Media Capital, tem vindo a abordar vários jornalistas e outros trabalhadores com vista ao seu despedimento disfarçado de rescisões por mútuo acordo e de não renovação de contratos de trabalho a termo, usando métodos que demonstram que o grupo espanhol Prisa não está a jogar de forma limpa no anunciado processo de redução de pessoal."

 

Recorde-se que, em Janeiro, a Prisa anunciou que tencionava despedir cerca de 2000 trabalhadores nas suas empresas em Espanha e 500 em Portugal e América Latina, e assegurava que esse plano fora comunicado aos sindicatos e aos representantes dos trabalhadores.

"Até hoje, nem a Prisa nem a sua participada Media Capital comunicaram ao Sindicato dos Jornalistas nem o plano nem a sua configuração para Portugal, mas a TVI começou já a abordar profissionais mais antigos -- em idade e em carreira na empresa -- apresentando-lhes propostas de rescisão dos respetivos contratos de trabalho", revelou o SJ.

 

NOTÍCIA CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 14:51
16 de Fevereiro de 2011

Mais de um mês depois de ter saído da TVI, Júlia Pinheiro, de 48 anos, faz questão de desmistificar a mudança de canal e garante que a decisão de regressar à SIC em nada teve a ver com o aumento de salário. "Decidi sair por causa do desafio, não foi o dinheiro que me levou a isso. Nesta altura da minha vida, fazia sentido avançar. Sinto que estou a viver uma nova fase", explica.

 

A apresentadora regressou à casa que a lançou, nove anos depois da sua saída, e garante que quer voltar a ver o canal de Francisco Pinto Balsemão a liderar. "A SIC está com menos audiências e eu quero ajudar a estação a crescer. Quero contribuir para o desenvolvimento do canal, até porque lhes devo a minha carreira", esclareceu.

 

Com uma agenda já preenchida com dois programas - o da manhã e a versão portuguesa do ‘Biggest Loser' - a apresentadora confessa-se entusiasmada. "Estou cheia de vontade de começar. Sempre estive envolvida em vários programas em simultâneo, por isso não vai custar nada. Seria difícil era habituar-me a ter pouco trabalho".

 

Apesar de já se sentir em casa na estação de Carnaxide, Júlia Pinheiro não esconde as saudades que sente de alguns dos seus antigos colegas, com os quais diz continuar em contacto. "Não sinto que as minhas amizades estejam a mudar. Saí a bem e não ficaram inimizades", garante.

 

NOTíCIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 21:16
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
19
20
26
27
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
19
20
26
27