19 de Janeiro de 2011

'Laços de Sangue' bateu mais uma vez 'Mar de Paixão' e  a brasileira 'Passione' ultrapassou a portuguesa 'Sedução'.

Diana Chaves, Diogo Moragado e Joana Santos

 

 

Algo parece estar a mudar no prime time televisivo. A novela portuguesa da SIC, Laços de Sangue, voltou ontem [segunda-feira] a ganhar à sua concorrente directa, Mar de Paixão, da TVI. A história protagonizada por Diogo Morgado, Diana Chaves e Joana Santos registou, de acordo com a Marktest, 905 mil espectadores (9,6% de audiência média) e 28,7% de quota de mercado, enquanto a trama de Paula Lobo Antunes e Rogério Samora se ficou pelos 893 mil espectadores (9,4%).

 

Logo a seguir, Passione conseguiu bater Sedução (TVI). Apesar de a ficção de Rui Vilhena ter começado mais cedo (23.29), e por isso ter conseguido um maior número de espectadores, a novela brasileira da Globo que a SIC transmitiu a partir das 23.42, obteve uma maior quota de mercado, liderando em 90% do seu tempo de exibição.

 

Ainda assim, a novela mais vista do dia voltou a ser Espírito Indomável (TVI), com 15% de quota de mercado, que foi, no entanto, ultrapassada ontem pelo Telejornal da RTP1 como programa mais visto de segunda-feira.

 

NOTICIA E FOTO DIARIO DE NOTICIAS

 

 

 

publicado por Portugal TV às 12:20

Image and video hosting by TinyPic

 

Regresso à TVI está em risco

A entrada de Teresa Guilherme na TVI está longe de acontecer, e a apresentadora já não acredita que vá regressar à televisão.

 

"Duvido que haja novidades para mim na televisão. Neste momento, estou nos ensaios de uma peça de teatro do Miguel Falabella", revelou ao CM, escusando-se a fazer quaisquer comentários sobre o adiamento do seu programa na TVI.

 

No entanto, o CM sabe que a produtora ainda não obteve ‘feedback’ quanto à viabilidade financeira de ‘Sem Perdão’.

"O que se pode dizer é que o projecto está em ‘banho-maria’. O TVI24 nunca suportaria um projecto daqueles, cujo modelo está agora a ser pensado para a TVI. Mas estamos a ser cautelosos quanto a investimentos", disse ao CM fonte da TVI.

 

A saída de André Cerqueira da direcção de programas do canal da Media Capital hipotecou a estreia de ‘Sem Perdão’, inicialmente prevista para Novembro de 2010.

 

Entretanto, no gabinete que era ocupado por André Cerqueira está agora Bruno Santos, ex-adjunto de José Fragoso na RTP. "O Bruno não vai assumir a direcção de programas ou de conteúdos, cargo que tinha as características de Júlia Pinheiro", garantiu fonte do canal. O novo director de programas da TVI só será apresentado na altura do aniversário do canal (20 de Fevereiro) e "nunca antes".

 

Para o lugar, recorde-se, falou--se em Filipe Terruta, (ex-braço--direito de Moniz) e, mais recentemente, em José Fragoso. Sobre o assunto, fonte oficial da TVI diz que "a direcção de programas continua a ser coordenada pela direcção-geral [Cotrim de Figueiredo]". "Quando houver alguma nomeação, anunciaremos."

 

NOTICIA CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 12:14

 

 

Carlos Soares, irmão de Rui Pedro Soares e seu advogado no processo contra o ‘Sol’, é uma peça fulcral no projecto de criação de um novo grupo de comunicação social em Portugal. Ao que o CM apurou, Carlos Soares tem reunido, em conjunto com Emídio Rangel, com bancos e possíveis investidores para o projecto. Rui Pedro Soares fica na ‘sombra’, devido ao caso ‘Face Oculta’ e processo PT-TVI.

 

 

Carlos Soares, irmão de Rui Pedro Soares e seu advogado no processo contra o ‘Sol’, é uma peça fulcral no projecto de criação de um novo grupo de comunicação social em Portugal. Ao que o CM apurou, Carlos Soares tem reunido, em conjunto com Emídio Rangel, com bancos e possíveis investidores para o projecto. Rui Pedro Soares fica na ‘sombra’, devido ao caso ‘Face Oculta’ e processo PT-TVI.

 

Contactado pelo CM, Carlos Soares recusou prestar quaisquer declarações. Questionado se desmentia as reuniões, o advogado apenas disse: "Não me pronuncio sobre isso." Também Rui Pedro Soares não quis fazer comentários.

 

O primeiro passo para a criação deste grupo foi dado com a tentativa de compra da Rádio Europa Lisboa, através da Dreamrádios S.A, que tem no conselho de administração Emídio Rangel, Jorge Schnitzer e Zélia Fernandes.

 

Mais recentemente, antes do Natal, Rangel e Rui Pedro Soares estiveram em Espanha onde compraram, à Mediapro, os direitos de transmissão da Liga Espanhola para Portugal, a partir da época 2012/2013.

 

O objectivo é, numa segunda fase, integrar os direitos na mesma empresa que irá deter a rádio, um semanário e que tem intenções de criar um canal de televisão.

 

"Ainda não estão integrados neste projecto, mas é provável que possa vir a acontecer", disse Emídio Rangel ao CM.

Além disso, o CM apurou que estes investidores querem comprar mais direitos desportivos internacionais, mas não só.

Questionado sobre um possível interesse nos direitos de transmissão dos jogos do Benfica, nas mãos de Joaquim Oliveira até ao final da época 2012/2013, Emídio Rangel diz que "é uma hipótese que se pode colocar".

 

Emídio Rangel recusa revelar quem está por trás do projecto devido a cláusulas de confidencialidade. "Fui convidado para desempenhar uma função neste projecto e é o que estou a fazer." Ainda assim, admite que "é provável que haja capital espanhol" no futuro grupo, recusando comentar se o investidor é a Mediapro. Contudo, dificilmente este grupo espanhol poderá investir nos projectos dos irmãos Soares, já que as decisões da empresa são tomadas, há mais de um ano, por gestores judiciais.

 

GRUPO COM TELEVISÃO, RÁDIO E PAPEL

  

"Nós queremos e vamos trabalhar em todas as vertentes. Rádio, televisão e jornal", revelou Emídio Rangel ao Correio da Manhã, acrescentando que o que está mais perto de se concretizar é o projecto da rádio e do jornal, que deverá assumir o formato de semanário.

 

Por conhecer estão ainda os financiadores destes projectos, já que só o projecto da rádio deverá precisar de um investimento de 2,5 milhões de euros. O jornal será, substancialmente, mais caro. Neste momento, sabe o CM, o grupo final de investidores não está fechado, daí as reuniões que Carlos Soares e Emídio Rangel têm mantido com a Banca. 

 

NOTICIA CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 12:08
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
16
18
20
21
22
23
24
26
27
28
29
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
16
18
20
21
22
23
24
26
27
28
29