12 de Julho de 2010

 

Costuma dizer-se que quando o navio se começa a afundar, os ratos são os primeiros a abandoná-lo.

Parece que é isso que está a acontecer para os lados de Carnaxide. Depois de Fátima Lopes, agora é a vez de Luciana Abreu. A diferença é que, enquanto muita gente dará pela falta da primeira, poucos se aperceberão que a segunda deixou de aparecer na pantalha.

 

Ao que parece, a eterna Floribella queixa-se de que, por estar na SIC, tem sido "forçada" a recusar propostas de trabalho noutros canais. É curioso, porque até pensei que já ninguém se lembrasse de tal personagem. Ainda assim, "Lucy" não se incomodou muito em recusar propostas de trabalho - ainda para mais numa altura em que estava em "alta" - quando ganhava cerca de 20 000€ por mês, dizem as revistas.

 

Nessa altura, o dinheiro era motivo mais do que suficiente para recusar as tais propostas. Mas, a agora, mulher do jogador do sporting, mudou de ideias e perante a rescisão do contrato de exclusividade que a ligava à SIC, resolveu ir bater à porta de outra freguesia.

 

Cá para mim, faz muito bem. Já vai tarde.

 

EUJ.

publicado por Portugal TV às 21:32
11 de Julho de 2010

 

Os canais começam a lançar os primeiros iscos para a pesca da nova temporada televisiva que arranca em Setembro. Se a SIC prepara mais uma fornada de “Ídolos”, e a TVI aposta em outra edição de um“reality show”, a RTP1 recupera a fórmula “Operação Triunfo”.

  

A pergunta que desde logo se impõe é: “Onde é que já vimos isto?”. Pois, parece que as estações portuguesas dão uma espécie de passo atrás na estratégia programática, investindo em formatos de créditos já firmados.

 

A receita “reality show”, que foi para Queluz o catalisador da sua soberania nas audiências, vai voltar. Também a estação de Carnaxide reinveste em “Ídolos” que, recentemente, provou conseguir captar a atenção dos espectadores lusos, tornando-se numa espécie de fenómeno com direito ao “culto” de concorrentes.

 

Ora, a RTP contrapõe com o regresso de “Operação Triunfo”, ausente do pequeno ecrã desde 2007. Estações privadas e pública mostram, desta feita, a adopção de uma margem de risco reduzida no que aos programas. Talvez a velha máxima se aplique, e o propósito seja recuar um pouco para poderem, então, dar dois, ou mais, passos à frente.

 

Segundo apurou o JN, as linhas por que se cozerá a embrionária versão de “Operação Triunfo”, cuja estreia irá suceder ainda no terceiro trimestre de 2010, serão idênticas às da edição imediatamente anterior, a qual, já apresentava algumas alterações face às precedentes.

Cabe à Endemol, que também produz novo “reality show” da TVI, assegurar o concurso de cantores. Por sua vez, Sílvia Alberto terá, outra vez, a seu cargo a condução do formato. Quanto aos elementos do júri, nada foi adiantado. Certo é que o início dos “castings” para a triagem dos candidatos, que tudo indica deverão perfazer no fim das avaliações um leque de 16, tem início em Agosto.

 

Regras poderão mudar

 

Recorde-se que, até agora, apenas mulheres triunfaram no programa. Ao reinado das Sofias - Sofia Barbosa ganhou a primeira edição, e Sofia Vitória a segunda - sucedeu na coroa Vânia Fernandes, quem representou Portugal no Festival da Eurovisão da Canção com a música “Senhora do Mar”. Também Sofia Vitória participou antes no certame, no âmbito de uma iniciativa integrada no próprio formato “O.T.”.

 

As regras do concurso, ainda que sujeitas a hipotéticas mudanças, não deverão distar muito das conhecidas. Os candidatos estudam na escola mas, em detrimento das duas fornadas precursoras, não dormem lá. Esta serve apenas para o efeito das aulas. O último vencedor teve a possibilidade de gravar um CD e recebeu uma bolsa de estudos de 75 mil euros.

 

NOTÍCIA JORNAL DE NOTICIAS

publicado por Portugal TV às 21:32
08 de Julho de 2010

 

FINALMENTE, depois de alguns anos de estagnação e ausência de grandes notícias relativas ao mundo televisivo, a saída de Fátima Lopes veio animar o mercado.

 

O Verão promete ser quente nas televisões e muitos serão os directores a terem de adiar as suas viagens de férias para preparar a reentré de Setembro. Quase tudo o que estava já previsto vai ter de ser alterado. E não será só na SIC que haverá mudanças.

 

A entrada de Fátima Lopes vai provocar mudanças na programação de Queluz. Júlia Pinheiro deverá dar as suas Tardes à amiga Fátima. E Júlia deverá passar para o horário nobre com um novo reality show. Horário este, também pretendido pela própria Fátima Lopes que, em breve, poderá também aparecer num horário de que estava arredada há muitos anos, desde os tempos do Surprise Show da SIC.

 

Com a saída de Fátima, a SIC vai ter de ir ao mercado encontrar alguém que queira dar a cara pelo programa das tardes do canal. Ou das manhãs. Porque as audiências do Companhia das Manhãs são tão más, que é bom possível que Nuno Santos aproveite a "deixa" e revolucione toda a grelha de Carnaxide.

 

Certo parece ser que o director de programas da SIC vai mesmo contratar alguém. Há revistas que falam de Manuel Luis Goucha e Cristina Ferreira como potenciais alvos. Não sei se será boa ideia, mas convém não esquecer que na RTP também há gente descontente e, por sorte, quiçá não há no canal público uns contratos a terminar... Jorge Gabriel ou José Carlos Malato poderiam ser boas escolhas, até porque na SIC há uma clara falta de apresentadores.

 

Os próximos meses, ou apenas semanas, serão muito interessantes de acompanhar. Prevêm-se bastantes mudanças nos canais generalistas. SIC e TVI já estão a mudar. Resta saber se a RTP vai conseguir resistir e segurar as suas "jóias da coroa".

 

EUJ.

publicado por Portugal TV às 14:04

 

A SIC perdeu a sua maior e mais forte imagem de marca. A única "cara" realmente identificada como sendo "cara SIC" bateu com a porta. Pior, foi para a rival TVI. Não deu explicações a ninguém. Nem ao público - de quem se despediu com um mero "bom fim-de-semana" - nem das chefias da SIC.

 

As revistas da "especialidade" dizem que a apresentadora vai ganhar quase quatro vezes mais. Cerca de 40 mil euros mensais. O novo projecto deverá arrancar em Setembro e tudo indica que, Fátima ficará com as tardes da TVI enquanto Júlia Pinheiro deverá dar a cara pelo novo reality show do canal de Queluz.

 

A SIC está em maus lençois. Desengane-se quem julgue que para o entretenimento não é preciso carisma e credibilidade. Fátima Lopes tinha isso tudo e "dava-o" à SIC. Agora, a SIC não tem ninguém que chegue aos calcanhares de Fátima. Por muito meritória que seja a recente aposta de Carnaxide em novos rostos da apresentação, o certo é que a SIC parece ter-se esquecido de que também é preciso garantir mais-valias e caras credíveis.

 

Dianas Chaves, Cláudias Vieiras, rapariguinhas do Fama Show em nada se assemelham a Fátima Lopes e até Rita Ferro Rodrigues tem ainda um longo caminho percorrer, apesar de ser aquela que mais próxima poderá estar do nível a antiga apresentadora da SIC.

 

Dias difíceis em Carnaxide. Vai ser interessante ver como a Direcção de Programas de Carnaxide vai, agora, "descalçar" esta bota.

 

EUJ.

 

publicado por Portugal TV às 13:54
últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
27
29
30
31
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
27
29
30
31