25 de Novembro de 2008

A SIC vai muscular o formato "Nós por cá" com uma equipa autónoma de cinco jornalistas, passando o programa a ser diário. A estação retoma assim a tradição do jornalismo de denúncia, celebrizado em formatos como o "Praça Pública".

 

A partir de Janeiro, a SIC vai transformar a rubrica "Nós por cá", até aqui inserida no noticiário, num formato independente, que passa a ser diário, entre as 19 e as 20 horas, antecedendo o "Jornal de Noite", no horário actualmente ocupado pela "Roda da Sorte", de Herman José. O planeamento do novo programa começou na semana passada.

 

Segundo o JN apurou, esta reformulação de "Nós por cá" é um regresso ao "código genético" inicial da SIC, nos anos noventa, que então lançou formatos inovadores no panorama televisivo, entre eles o "Praça Pública". Esse programa, caracterizado pelo pendor da denúncia, convocando o cidadão a desfiar nos ecrãs a sua indignação - em que os poderes públicos eram interpelados directamente -, foi então apresentado por Nuno Santos, actual director de Programas da SIC, e Júlia Pinheiro, que agora conduz o "As tardes da Júlia", na TVI. E também por Conceição Lino.

 

Ao JN foi explicado, sobre o novo "Nós por cá", que a ideia é "agarrar o osso e não o largar", um pouco na linha do que tem sido feito em algumas peças do "Caia quem caia", da TVI, mas sem qualquer componente humorística. Isto é, todo o tipo de situações em que haja ilegalidades ou inércia do Estado, a equipa do novo "Nós por cá" fará uma peça em que, com persistência, se tenta ouvir todos os envolvidos.

 

Conceição Lino vai continuar a conduzir o programa, mas também se pondera a hipótese do pivô Augusto Madureira, coordenador do projecto, ser o co-apresentador. A equipa de jornalistas foi também reforçada: Joaquim Franco, Catarina Neves, Joana Latino, Carla Castelo e Isabel Osório são os recrutados. Conceição Lino escusou fazer comentários, e o director de Informação, Alcides Vieira, esteve incontactável.

 

NOTÍCIA JORNAL DE NOTÍCIAS

publicado por Portugal TV às 20:04

'O Momento da Verdade'

Acaba hoje o programa mais polémico do ano. Emitido na SIC desde o início de Outubro e apresentado por Teresa Guilherme, o Momento da Verdade foi um programa que teve tanto de "chocante" como de original.

 

Muitos lhe chamaram vergonhoso, forma de prostituição, voyeurista, invasor da privacidade, etc, etc. Mas o certo é que nas primeiras semanas, o programa foi aumentando as audiências.

 

À custa disso e talvez para tentar vender ainda mais o programa, Nuno Santos resolveu criar um programa-irmão: A Verdade Compensa. Durou pouco porque as fracas audiências rapidamente lhe ditaram o fim.

 

Mas antes disso, houve polémica. A própria Teresa Guilherme disse em revistas que A Verdade Compensa só contribuia para deitar o Momento da Verdade abaixo.

 

O programa apresentado por Rita Ferro Rodrigures acabou por ser retirado do ar, mas se calhar já foi tarde demais. O Momento da Verdade, nessa altura, já tinha entrado numa clara tendência de descida de audiências.

 

Nas últimas semanas, aquela que foi a grande aposta de Nuno Santos, já era ultrapassada pelas novelas da TVI - obviamente - e pelo concurso da RTP Jogo Duplo.

 

O momento alto do programa foi há cerca de duas semanas, quando uma concorrente conseguiu levar para casa os 250 mil euros. O prémio foi bem entregue. Era alguém que necessitava muito de dinheiro, mas tal coincidência só veio ajudar quem defende que as respostas do polígrafo e dos concorrentes podiam ser manipuladas pela SIC.

 

Esta noite, o programa acaba. Teresa Guilherme vai fazer uma novela para o Brasil, e tudo indica que quando regressar, o mais provável é ir parar à TVI. Herman José poderá ser o "senhor que se segue" na apresentação da nova série do Momento da Verdade.

publicado por Portugal TV às 15:22

 

Chegou ao fim a novela A Outra que estava em exibição desde 24 de Março na TVI. Tudo começa em Moçambique quando Rafael, juntamente com a amante, abandona a mulher depois de esta ser atacada por um leão. Meses mais tarde Beatriz surge na pele de A Outra (Teresa) disposta a fazer vingança...

 

Os 209 episódios de A Outra, exibidos entre 24 de Março e 16 de Novembro de 2008, registaram 15.8% de audiência média e 44.4% de share. No primeiro episódio a novela registou 21.1% de audiência média e 50.1% de share exibido a seguir ao Jornal Nacional. À semelhança de situações anteriores, esta novela acabou por se fixar no horário das 23 horas e também o último episódio foi exibido a um domingo logo a seguir ao Jornal Nacional, episódio este que acabou por obter o máximo da novela com 22.5% de audiência média e 55.2% de share.

 

 

 

 

Os 209 capítulos foram vistos por 9 873 700 indivíduos residentes em Portugal Continental com 4 anos e mais anos, o que representa 97.1% do universo.

 

 

 

 

No perfil de audiência, esta novela registou melhor adesão no Interior do país. Por classe social, dominam as classes mais baixas. A Classe C2 e D representam mais de 67% da audiência da novela. Por Género, A Outra foi a preferida da população Feminina. Por faixa etária, os indivíduos com mais de 64 anos foram os que mais viram a novela com um consumo de audiência perto dos 28%.

 

Análise realizada pela MediaMonitor com base em dados retirados do MMW/Telereport.

 

publicado por Portugal TV às 11:29

José Eduardo Moniz, director-geral da TVI e o pivô José Carlos Castro

O primeiro canal privado angolano, TV Zimbo, vai para o ar com a mão da TVI a 14 de Dezembro próximo. Os jornalistas José Carlos Castro e Jorge Nuno Oliveira e os técnicos João Ferreira e João Gabriel partem quarta-feira, dia 26 de Novembro, para Angola, onde se juntarão, durante uma semana, ao restante grupo de profissionais da estação de Queluz deBaixo que já se encontra naquele país a dar formação.
 

A TVI e o grupo Media Capital associaram-se ao novo canal angolano no âmbito de um protocolo celebrado entre estas duas entidades e a Medianova, grupo de capitais angolanos associados a vários projectos na área dos media.

 

Dos objectivos deste protocolo fazem parte diversas acções de apoio da TVI nas áreas de transmissão, formação, programação, entre outras. Durante algum tempo, uma equipa de profissionais da estação de Queluz de Baixo vai revezar-se em Angola para dar apoio aos colegas da TV Zimbo, com uma redacção de 22 jornalistas.

 

O CM apurou ainda que a equipa de profissionais da TVI está a dar formação simulando todas situações que se vivem na redacção de uma estação de televisão. Os técnicos e os jornalistas da estação de Queluz de Baixo têm todos experiência nas diversas área de formação.

 

José Carlos Castro, por exemplo, está a leccionar uma pós-graduação de ‘Apresentação em Televisão’ na Universidade Autónoma de Lisboa e será responsável pela formação de pivôs da TV Zimbo.

 

Jorge Nuno Oliveira, por seu turno, dá formação no Cenjor (Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas) e terá a seu cargo a formação de jornalistas.

 

NOTÍCIA E FOTO CORREIO DA MANHÃ

publicado por Portugal TV às 11:24
últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
29
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
29
30