17 de Março de 2008

 

 

Vila Faia, 25 anos depois de novo na RTP1
A primeira novela portuguesa volta aos ecrãs da RTP1 e a MediaMonitor faz o balanço das audiências de Vila Faia.

25 anos depois, a primeira novela portuguesa volta aos ecrãs da RTP1. Numa versão adaptada aos nossos dias, continua a ter no centro da história o destino da família Marques Vila, produtora do famoso vinho Vila Faia.

 

A estreia do "remake" foi a 7 de Março de 2008, sexta-feira, logo a seguir ao Telejornal. Este episódio registou 10.7% de audiência média e 26% de share. A 8 e 9 de Março, antes do Telejornal, foram exibidos mais dois episódios, que registaram 10.3% de audiência média e 31.5% de share no capítulo de sábado e 8.5% de audiência média e 25.8% de share no de domingo.

 

 

Observando a percentagem de audiência que esteve presente no primeiro episódio, é possível constatar que, dos espectadores que viram o primeiro episódio, cerca de 36% e 41% viu também os restantes episódios. Já os espectadores que viram o episódio de domingo, cerca de 37% e 49%, respectivamente, viram também os episódios precedentes.

 

 

No perfil de audiência, esta novela registou melhor adesão no Interior. Por classe social, o melhor consumo de audiência pertenceu à classe mais baixa, a Classe D com um valor acima dos 40%. Por Género, a população Feminina foi a que mais a Vila Faia. Por faixa etária, o novo "remake" foi o preferido pela população mais idosa (mais de 64 anos). Este alvo foi responsável por 37% da audiência do programa.

 

Análise realizada pela MediaMonitor com base em dados retirados do MMW/Telereport.

 

A Marktest.com autoriza a reprodução desta notícia nos meios de comunicação social desde que indicada a fonte: Marktest.com e outras fontes por ela citadas

publicado por Portugal TV às 23:18

REVISTA DE IMPRENSA:

Audiências: As entrevistas de Sócrates e do líder do PSD
Jornal da Noite baixa com Menezes

José Sócrates tem claramente mais audiência do que Luís Filipe Menezes. O resultado do ‘Jornal da Noite’ de anteontem foi a prova real. O principal bloco informativo da SIC perdeu de quinta para sexta-feira 115 200 telespectadores.

O ‘Jornal da Noite’ de quinta-feira, que incluiu a entrevista intimista com José Sócrates, foi visto por 1 150 600 telespectadores, tendo alcançado o terceiro lugar nas audiências. O bloco da entrevista – 1 380 600 espectadores –, como o CM escreveu, superou a média total do programa.

A edição de anteontem do mesmo programa, que passou a entrevista com Luís Filipe Menezes, não conseguiu melhor do que um sétimo posto na tabela, sendo vista por 1 035 400 espectadores. Os dados da peça com o social-democrata não foram disponibilizados, razão pela qual só se comparam as médias das duas edições do ‘Jornal da Noite’.

A autora dos dois trabalhos diz ao CM que o desfecho não encerra surpresa. A jornalista Raquel Alexandra defende que “a expectativa relativamente à entrevista com o primeiro-ministro era maior”, não só pela contestação a que tem estado sujeito o Governo, mas, também, pelo estilo “reservado” de Sócrates. Luís Filipe Menezes, em contrapartida, não tem um jogo tão cínico, como se costuma dizer na análise futebolística. O sportinguista, ao contrário do benfiquista Sócrates, opta por um modelo mais aberto. Tanto assim que escancarou a sua vida para lá da política: chamou ao jogo os filhos, os pais e a namorada, Teresa Moas. A exposição pública do líder do PSD não chegou, contudo, para derrotar o chefe do Executivo, que, na quinta-feira, tinha como verdadeiro adversário o Sporting-Bolton, transmitido, pela TVI, à mesma hora do ‘Jornal da Noite’, e não Menezes na entrevista formal a Judite de Sousa, na RTP 1, também no mesmo período e seguida por 625 300 telespectadores.

A marcação das entrevistas à SIC, revela Raquel Alexandra, “foi fácil”. O mesmo já não se pode dizer da aceitação, “bem mais difícil”, em qualquer dos casos. A jornalista, confessa-nos, por outro lado, que Sócrates e Menezes “não colocaram entraves” no decurso das entrevistas. Aliás, sublinha a profissional da SIC, no caso do chefe do Governo, “nada estava preparado. Foi tudo decidido em cima da hora e por mim”.

Tal como na quinta-feira, a TVI foi a estação mais vista. A diferença residiu no plano individual: à vitória do jogo dos leões com os ingleses seguiu-se a da novela ‘Fascínios’.

AUDIÊNCIAS

José Sócrates: 1.150.600 espectadores viram o bloclo informativo de quinta-feira.

Luís Filipe Menezes: 1.035.400 espectadores seguiram o noticiário de sextla-feira.

Ricardo Tavares

publicado por Portugal TV às 01:29
últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
16
20
21
22
24
25
28
29
31
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
16
20
21
22
24
25
28
29
31