03 de Outubro de 2007

LUSA

 

 

Lisboa, 03 Out (Lusa) - A área destruída por incêndios florestais este ano, entre o início de Janeiro e 30 de Setembro, foi cerca de 12 vezes inferior à media dos últimos cinco anos, segundo dados oficiais hoje revelados.

    De acordo com a Direcção-Geral dos Recursos Florestais (DGRF), em termos percentuais, a extensão de floresta e matos consumida pelo fogo este ano foi de apenas 7,5 por cento da média registada nos últimos cinco anos.

    Desde 01 de Janeiro até ao último dia de Setembro foram consumidos pelas chamas 16.605 hectares, enquanto a média anual registada desde 2002 atingiu 213.885 hectares, de acordo com a DGRF.

    Já se comparada com o pior dos últimos cincos anos, registado em 2003, quando arderam 425.232 hectares nos primeiros nove meses, a área ardida desde o início do ano foi de apenas 3,7 por cento.

    Comparando as áreas ardidas, em 2003 ardeu quase o equivalente a duas vezes e meia a área do maior concelho do país, Odemira, que abrange 1.720 quilómetros quadrados, e à volta de cinco por cento da área total de Portugal Continental, que tem cerca de 91 mil quilómetros quadrados.

    Este ano, o fogo devastou apenas o equivalente à área do pequeno concelho de Barrancos, que tem 168 quilómetros quadrados, o que em termos percentuais significa menos de 0,2 por cento do território nacional, com excepção dos arquipélagos da Madeira e Açores.

    Já quanto à média dos últimos cinco anos - 2.138 quilómetros quadrados - por comparação equipara-se quase à área dos concelhos de Odemira e Castro Verde juntos.

    Em relação ao número de fogos, 2007 também ficou muito aquém dos valores dos últimos anos, com 10.395 incêndios e fogachos (com menos de um hectare de área ardida), cerca de um terço do pior ano, 2005, quando se registaram 32.893 ocorrências. A média desde 2002 foi de 24.756 fogos rurais/ano.

    Quanto a incêndos florestais com mais de um hectare de área ardida, totalizaram este ano 1.567. No global entre fogos e fogachos, arderam 7.583 hectares de floresta e 9.022 de mato, ainda segundo oa dados reunidos pela DGRF.

    O distrito mais fustigado foi a Guarda (2.971 hectares), seguido de Santarém (2.554).

   

    AMN.

    Lusa/Fim

publicado por Portugal TV às 16:28
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
19
23
26
28
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
pesquisar neste blog
 
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
17
19
23
26
28
30