15 de Novembro de 2007


http://jn.sapo.pt/2007/11/15/televisao/sites_naojornalisticos_sujeitos_a_su.html
Sites não-jornalísticos sujeitos a supervisão da ERC


Cláudia Luís

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) fez uma deliberação inédita, na qual prevê que, a partir de agora, todas as pessoas que sintam violados os seus direitos de expressão em sítios da Internet que cumpram uma função de veículo de comunicação pública possam ver as suas queixas atendidas pelo Conselho Regulador. Segundo Azeredo Lopes, presidente do organismo, "a ERC tem competências de supervisão e intervenção nesses 'sites'".

Em rigor, essas competências apenas se aplicam se, nos sítios de comunicação electrónica, forem verificados os seguintes pressupostos "Conteúdos sujeitos a tratamento editorial e organizados como um todo coerente", especifica o mesmo responsável.

Isto significa que, uma vez comprovado que determinado 'site' é um "órgão de comunicação social, comunicação pública, mesmo não efectuando uma comunicação do tipo jornalístico, e que o mesmo viola direitos, liberdades e garantias previstos na lei geral, isso nunca poderia impedir a ERC de intervir", explica Azeredo Lopes.

Desta forma, fica estabelecido que "o direito de resposta não é um instrumento exclusivo do jornalismo, antes um direito fundamental", acrescenta.

Esta deliberação do Conselho Regulador da ERC, ainda que relativa a uma queixa da CDU contra o sítio da Câmara Municipal do Porto (ver texto ao lado), vem estabelecer um precedente mais alargado. Nas palavras de José Alberto Azeredo Lopes, "definiu-se agora que temos competências de supervisão e intervenção nesses 'sites'", pelo que "não há, ainda, um plano de acção elaborado", sublinha.

Na prática, continua a esclarecer o responsável, "os destinatários de informação deste tipo de sites têm agora garantida a tutela naquilo que seja competência da ERC, têm direito de resposta". Para isso, é necessário que os visados enviem uma queixa formal, explicando a violação de direitos e exigindo esse direito de resposta.

Polémica em Itália

Esta deliberação sucede numa altura em que, em Itália, foi apresentado um projecto-lei no sentido de enquadrar juridicamente os conteúdos disponíveis na blogosfera.

Em debate está a possível criação de uma entidade onde todos os bloguistas teriam que se registar, tendo direitos e deveres. Concretamente, os bloguistas receberiam um certificado desse organismo, pagariam impostos (mesmo que o objectivo dos blogues não seja comercial) e estariam sujeitos a um código penal.

Segundo o mesmo projecto, os sítios da Internet estariam sob a supervisão de uma editora com competências jornalísticas comprovadas para vigiar os conteúdos publicados.
publicado por Portugal TV às 22:49
12 de Novembro de 2007

 

Finalmente, parece que a Família Superstar "pegou".

Este Domingo teve o seu maior share: 31.3%, sendo que a média se tem ficado pelos 27.5%.

 

Com este resultado, o Casamento de Sonho da TVI cai aos trambolhões pela tabela abaixo, tendo ocupado nesta semana o 10º lugar na tabela dos 50 programas mais vistos do dia. A Família da SIC ficou dois lugares acima.

 

Na RTP, nem a Operação Triunfo permite ao canal público uma boa prestação ao fim-de-semana. Os 23.7% de share conquistados pela OT no Sábado, colocaram o programa no 8º lugar.

 

À semelhança dos últimos tempos, a batalha do fim-de-semana continua a ser combatida pela SIC e TVI que dividem os "lucros". Queluz ganhou o Sábado, Carnaxide ganhou o Domingo.

 

 

publicado por Portugal TV às 22:38
08 de Novembro de 2007

 

 

Mais uma vez, sem qualquer aviso prévio, e sem prestar contas a ninguém a SIC voltou a "suspender" um programa.

 

Desta vez, a "vítima" foi o programa de Fernando Rocha que era emitido entre as 19h e as 20h. Apresentado com uma espécie de tábua de salvação da SIC naquele horário, rapidamente se revelou um flop.

 

Diariamente esmagado pelos Morangos com Açúcar e o Preço Certo, o A Ganhar é que a Gente se Entende, foi agora suspenso temporariamente. No seu horário tem sido transmitido o episódio repetido da nova novela Duas Caras.

 

Se o Rocha já não fazia grandes resultados, o certo é que apesar de tudo, sempre fazia melhor que a repetição da novela. E por isso, a SIC erra duplamente. Porque não estimula a fidelização dos espectadores ao suspender programas sem aviso e, porque o que emite às 19h faz ainda piores resultados do que o programa que lá estava.

 

Para quando o próximo tiro no pé?

publicado por Portugal TV às 13:25
03 de Novembro de 2007

Tony Parsons

 "O artista"

 

É com enorme dificuldade que resisto à vontade de "desancar forte e feio" num indivíduo de nacionalidade inglesa, chamado Tony Parsons, e colunista (ou coluneiro) do jornal Daily Mirror.

 

Este profissional da mal-dissencia, que nos presenteia no site do jornal com a sua fotografia, ataca sem qualquer pudor a polícia portuguesa, o embaixador português em Londres, os jornalistas portuguesas e até o "povo" português.

 

Depois de resistir ao susto provocado por semelhante cara de parvo, fiquei estupefacto com a falta de... literalmente TUDO, demonstrada por este mister.

 

Começa logo pelo título do artigo: "UP YOURS SENOR". Demonstrando a sua tremenda ignorância e pensando com certeza que Portugal é uma província espanhola, utiliza a expressão "senor", quando claramente pretendia dizer "senhor".

 

Mas sigamos para o texto... Este ignorante com cara de parvo, começa por dizer que a nossa polícia é: estúpida e cruel e, os nossos agentes são porcos e imundos.

 

Isto vindo, repito, de um ignorante com cara de parvo, o que só por si já é suficiente para não lhe dar qualquer credibilidade.

 

Continuando a leitura de tão apurado texto, o energúmeno passa depois ao ataque ao embaixador português. Para além de no título, o mandar apanhar num sítio que não convém dizer em público, diz já no final que, se o embaixador não tem mais nada para dizer além de criticar os McCann, então aconselha-o a calar a boca estúpida e com hálito a sardinha.

 

Depois também acusa a nossa imprensa de ter feito do caso Maddie, um episódio de mau entretenimento.  Por último chama-nos a todos extraterrestres, por causa dos assobios e apupos que a Kate McCann ouviu da última vez que foi inquirida na PJ de Portimão.

 

Diz o digníssimo representante do povo de Sua Majestade, que quando ouviu a manifestação popular contra a mãe da criança, pensou que se tratava de uma manifestação não de um outro país, mas de outro planeta.

 

Resumindo e concluindo, não me sinto humilhado pelo que ele disse. Mas sentir-me-ia sem dúvida humilhado, se fosse inglês e tivesse que partilhar a minha nacionalidade com um tipo como este.

 

Está pelas ruas da amargura o tão famoso cavalheirismo britânico. Este indivíduo - a quem um jornal de credibilidade, no mínimo, questionável resolveu dar voz - é o representante máximo da ignorância e do grunhismo britânico.

 

 

 

PS: Mr. Parson, if  you need translation to understand what I wrote... Up yours Mister!

 

 

Artigo do "articulista": http://www.mirror.co.uk/news/columnists/parsons/

publicado por Portugal TV às 21:20
01 de Novembro de 2007


http://jn.sapo.pt/2007/11/01/televisao/sic_continuou_atras_rtp_outubro.html
SIC continuou atrás da RTP em Outubro


Pelo terceiro mês consecutivo, a SIC fica atrás da RTP 1 na medição de audiências. Enquanto que a estação pública alcançou uma quota de espectadores ('share') de 25,8%, o canal de Carnaxide registou 24,7%. Por seu lado, a TVI mantém-se líder na média de 'share' de Outubro com uma quota de 28.9%.

Isto significa que, entre os espectadores de televisão no mês passado, quase 30% optaram pela TVI, cerca de 26% escolheram a RTP 1 e perto de 25% viram a SIC.

Fonte oficial da SIC considera que se verificou "concorrência desleal da RTP, cuja subida de 'share', relativamente ao mês de Setembro, [quando registava 24,3%], ocorreu à custa da emissão de dez jogos de futebol". Recordando que a SIC, naquele mês, alcançou 23,9% de 'share', a mesma fonte sublinha que a "SIC só não subiu tanto, porque não dispõe do capital necessário para investir em jogos".

No que diz respeito ao horário nobre, a estação de Queluz destaca-se significativamente da concorrência, sendo a escolha de 32,3% dos espectadores. Em igual período, a SIC e a RTP registam um 'share' muito próximo 24,3% e 24,4%, respectivamente.



Cláudia Luís
publicado por Portugal TV às 14:38
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30