29 de Junho de 2007

   

7 dias 7 reportagens é o que a SIC propõe ao longo da semana com espaços de informação dedicados à investigação e reportagem. Veja a análise de audiência destes espaços.
MediaMonitor, 28 de Junho de 2007

A semana começa com Raquel Marinho e Eduardo de Sá no Livro de Reclamações. Especialmente dirigido a pais e filhos, neste apontamento são discutidos e apresentados os temas que por uma razão ou outra não são abordados na escola ou em casa. À terça-feira, Conceição Lino apresenta o Nós por Cá que retrata o Portugal insólito, de todos nós. Quarta-feira é dia de reportagem especial sobre um grande tema da actualidade. Quinta-feira é apresentado o Terra Alerta, onde o ambiente é o tema de relevo. À descoberta do país é o que propõem, todas as sextas, Mário Augusto e Teresa Conceição, em Ir é o Melhor Remédio. Sábado é dia de Perdidos e Achados, seguindo o rasto a quem se perdeu no tempo. E, para terminar a semana, é apresentado ao domingo a Reportagem SIC.

Na semana de 18 a 24 de Junho, Nós Por Cá registou a melhor audiência média, com 12.5% e 31.2% de share de audiência. Seguiram-se os eventos Reportagem SIC e Livro de Reclamações, ambos com 11.7% de audiência média. No entanto a reportagem transmitida no domingo registou a melhor quota de audiência, com 32.6%. Terra Alerta e Perdidos Achados não foram além dos 8.6% de audiência média no período em análise.

Através da análise de duplicação de eventos, é possível saber qual a percentagem de audiência de um evento que esteve também presente na audiência de outro evento. Desta forma, verifica-se, por exemplo, que cerca de 25% da audiência do Nós por Cá (reportagem com melhor audiência na semana em análise) viu também o Terra Alerta e o Perdidos e Achados. Já o Livro de Reclamações e a Reportagem Especial foram vistas por aproximadamente 45% dos espectadores de Nós por Cá. Finalmente, 40% dos espectadores de Nós por Cá também viram a Reportagem SIC.

Análise realizada pela MediaMonitor com base em dados retirados do MMW/Telereport.

28 Junho 2007

A Marktest.com autoriza a reprodução desta notícia nos meios de comunicação social desde que indicada a fonte: Marktest.com e outras fontes por ela citadas

 

 

publicado por Portugal TV às 15:04
28 de Junho de 2007

 

Portugal envia esta tarde um avião Canadair CL-215 para ajudar no combate aos incêndios florestais na Grécia, na sequência de um pedido de auxílio internacional que este país fez, através do Mecanismo Comunitário de Protecção Civil da União Europeia.

No Canadair, que descolará do Centro de Meios Aéreos de Seia pelas 20h00 de hoje, seguirá uma tripulação (2 pilotos e 2 mecânicos) com destino à Base Aérea de Elefsis, situada a cerca de 18 quilómetros de Atenas. O Canadair português estará à disposição das autoridades de protecção civil gregas durante os dias 30 de Junho, 1 e 2 de Julho.

Amanhã, 29JUN07, partirá para a Grécia, em voo comercial, um oficial de ligação da Autoridade Nacional de Protecção Civil que acompanhará todo o desenrolar da missão.

Para além de Portugal, também França e Itália disponibilizaram ajuda com meios aéreos.

A Grécia encontra-se a viver uma das piores situações dos últimos tempos em termos de condições meteorológicas, com as temperaturas a ultrapassar os 40ºC em diversas regiões. Estas temperaturas, conjugadas com os fortes ventos que se fazem sentir têm provocado em incêndios florestais desastrosos em vários pontos do país. Hoje, pelas 10h00, as autoridades contabilizavam cerca de 120 incêndios activos, os quais tinham já provocado duas mortes em Larisa. Estas condições deverão manter-se inalteradas durante os próximos dias. 

A presente missão internacional decorre de uma activação do Mecanismo Comunitário de Protecção Civil, uma ferramenta crucial da União Europeia para resposta rápida a situações de emergência. Recorda-se que foi precisamente este Mecanismo que Portugal activou nos anos de 2003, 2004 e 2005, o que permitiu receber uma preciosa ajuda, precisamente através do envio de meios aéreos de combate a incêndios florestais oriundos de Espanha, França, Itália, Holanda, Alemanha e Grécia.

in: Comunicado da ANPC

publicado por Portugal TV às 17:25
26 de Junho de 2007

Não nutro, nem é suposto nutrir qualquer tipo de antipatia (ou simpatia) por nenhum dos candidatos à Câmara de Lisboa. Mas Fernando Negrão tem dado nas vistas.. pela negativa.

No debate da SIC Notícias confundiu (APENAS!) a Câmara de Lisboa com a de Setúbal, onde até há pouco tempo era vereador.

 

Agora, resolveu confundir o IPPAR, a EPUL e a EPAL... Aqui fica uma ajudinha...

 

IPPAR: Ao Instituto Português do Património Arquitectónico cabe a missão de conservar, preservar, salvaguardar e valorizar o património arquitectónico português, incluindo-se neste universo o conjunto de bens imóveis de especial valor histórico, arquitectónico, artístico, científico, social ou técnico subsistentes em território nacional. www.ippar.pt

 

EPUL: Empresa Pública de Urbanização de Lisboa - A EPUL assume a sua vocação de empresa urbanizadora, cuja principal missão consiste em auxiliar a Câmara Municipal de Lisboa através do desenvolvimento urbanístico de grandes áreas da cidade, da promoção imobiliária e da realização de projectos estruturantes de reabilitação ou renovação urbana com o objectivo de criar cidade, Criar a Lisboa do Século XXI. www.epul.pt


EPAL: Empresa Portuguesa das Águas Livres - Abastecimento de água para consumo humano, na sua área de influência e eventualmente noutras áreas limítrofes, visando à prestação de um serviço de qualidade com respeito pelos aspectos essenciais de ordem social e ambiental, colocando as suas capacidades ao serviço do interesse nacional. www.epal.pt

 

 

Esta peça da SIC/SIC Notícias é um must see...

 

 

publicado por Portugal TV às 22:24

 

 

ESTADO DO TEMPO NA EUROPA: (actualizado)

 

PORTUGAL: Temperaturas abaixo do esperado para esta época do ano, em especial as mínimas que estão AINDA abaixo dos 10 (!!!) graus em vários pontos do país.

 

ITÁLIA  e GRÉCIA: ultrapassado o  RECORD DE TEMPERATURAS na história de ambos os países.  Estão os dois em ALERTA VERMELHO devido às elevadas temperaturas. 

 

«Na Grécia, duas pessoas morreram, com temperaturas de 46ºC. O Governo já ordenou a redução das horas de trabalho para metade, hoje e amanhã, a fim de reduzir o consumo de energia e permitir à população que se proteja das horas de maior calor.

Em Itália, a canícula está a provocar vários incêndios no sul. Em Catane, na Sicília, os termómetros subiram aos 45ºC.

Na ROMÉNIA, os meteorologistas avisaram que as temperaturas podem chegar aos 40º em Bucareste - as mais elevadas na capital, em 90 anos.

Desde o início da vaga de calor, já morreram no país 25 pessoas, alegadamente afectadas pelo calor. O tempo quente é esperado durante todo o Verão, afectando as culturas de cereais e a produção de energia hídrica. A partir de quarta-feira, os termómetros deverão descer, porém, até aos 30ºC.

O CHIPRE está também a viver dias de forte calor, com temperaturas de 43ºC. Uma pessoa morreu de ataque cardíaco, supostamente afectada pelo calor, na cidade de Limassol.»*
 

INGLATERRA: ALERTA AMARELO devido a chuvas torrenciais. Mais de trinta localidades em Alerta. TRÊS mortos já registados. Cheias em vários rios do país. Centenas de pessoas isoladas. Casas evacuadas em Yorkshire.

 

 

 

... e tudo isto ao mesmo tempo...

 

 * www.sic.pt

publicado por Portugal TV às 01:34

 
Uma análise dos dados do serviço Telereport da MediaMonitor evidencia que, no primeiro quadrimestre do ano, em cada oito minutos passados a ver televisão, 5 foram relativos a programas portugueses.
 

As televisões nacionais RTP1, RTP2, SIC e TVI ofereceram, entre Janeiro e Abril de 2007, 11 520 horas de programação, sendo 5 574 horas de programas produzidos em Portugal. Este valor corresponde a uma média superior a 11 horas e 30 minutos diários por canal e a 48.4% da emissão televisiva desse período.

 

 

A produção nacional foi mais relevante na RTP1, onde representou 57.1% da oferta programática do canal no período em análise. Pelo contrário, na SIC, embora maioritária, teve menor peso, representando 37.4% da emissão da estação.

Em termos de audiência, a produção nacional representou quase dois terços do consumo televisivo do período (62.5%), o que significa que, em cada oito minutos vistos, cinco foram de programas produzidos em Portugal.

 

 

Esta preferência pelos programas de produção nacional foi comum a todos os canais, embora mais expressiva na RTP1, onde representou 71.8% do consumo, e menos expressiva na SIC, onde representou 47.6% do consumo.

 

Os programas de origem brasileira foram, pelo seu lado, os que registaram melhor relação entre a oferta que os canais lhes deram e a procura do público. Representaram 3.4% do tempo de emissão destes canais e 6.6% da sua audiência, o que significa que, em termos relativos, esta esteve 94% acima daquela.

 

Uma análise cruzada entre tipo de programa e país de produção mostra ainda que os programas de informação produzidos em Portugal, tal como os programas de divertimento de produção nacional, foram os mais relevantes no período, pois ambos representaram 13.8% da oferta destes canais. A ficção produzida nos Estados Unidos representou 10.4% da oferta e a ficção nacional 8.7%. Se a estes quatro tipos de programas juntarmos a oferta de publicidade, temos mais de metade do tempo que os canais ofereceram ao público nestes primeiros quatro meses do ano (56.7%).

 

Quanto à procura, mais de metade da audiência do quadrimestre (56.3%) concentrou-se em três tipos de programas, todos de produção nacional: informação, que representou mais de um quinto da procura (22.6%), divertimento (17.4%) e ficção (16.4%).

 

 

Esta análise foi realizada com base em dados da Marktest Audimetria e da MediaMonitor, através do e-telereport.com e da Markdata Media Workstation (MMW).

publicado por Portugal TV às 00:50
22 de Junho de 2007

MELHOR SEMANÁRIO


EXPRESSO


SOL


JORNAL SEMANÁRIO

 



publicado por Portugal TV às 18:33

MELHOR CANAL INFORMAÇÃO INTERNACIONAL


SKY NEWS


CNN


BBC WORLD


FRANCE 24


EURONEWS

 



publicado por Portugal TV às 18:33

MELHOR CANAL DE INFORMAÇÃO PORTUGUÊS


SIC NOTÍCIAS


RTP N


publicado por Portugal TV às 18:33
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
19
23
24
25
27
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
19
23
24
25
27
30