06 de Abril de 2010

 

Um vídeo que está a circular na Internet mostra um ataque norte-americano contra civis em Bagdad, há três anos, em que morreram 11 pessoas incluindo um jornalista da Reuters e o motorista que o acompanhava. As imagens, disponíveis no "site" Wikileaks.org - especializado na divulgação de conteúdos sensíveis - são acompanhadas pelo áudio das conversas entre os pilotos do helicóptero norte-americano e o controlo em terra, em que os primeiros pedem autorização para disparar contra homens, identificados como rebeldes, que circulam numa rua em Bagdad.

 

O Wikileaks não esclarece como obteve estas imagens captadas em Julho de 2007. No vídeo pode ver-se o referido grupo de homens, alguns dos quais parecem estar armados, e entre os quais estavam dois que trabalhavam para a agência Reuters: Namir Noor-Eldeen e Saeed Chmagh.

 

Os pilotos do Apache, que parecem ter confundido a máquina fotográfica do jornalista da Reuters com um lança granadas RPG, afirmam ter na mira "cinco ou seis homens armados com AK-47" e pedem autorização para disparar, que lhes é concedida quase instantaneamente. Depois dos disparos, um dos pilotos admite que ficou "um monte de cadáveres" no local. Pouco depois, uma camioneta para recuperar os mortos e os feridos e é também alvejada pelas forças norte-americanas.

 

Duas crianças que seguiam na camioneta ficam feridas e são posteriormente levadas para o hospital por soldados norte-americanos que chegam ao local. Um responsável do exército dos Estados Unidos comentou na segunda feira à AFP que a divulgação deste vídeo "não traz novas informações, apenas imagens". " Reconhecemos, desde 2007, tudo o que está no vídeo", disse o militar que pediu para não ser identificado. "Reconhecemos o ataque e que foram mortos dois homens que trabalhavam para a Reuters", declarou. "Sabemos que duas crianças ficaram feridas, mas o lança granadas RPG é verdadeiro. Havia rebeldes e repórteres numa zona em que as forças norte-americanas iam sofrer uma emboscada", adiantou. "Naquele momento, não podíamos discernir se (os funcionários da Reuters) levavam câmaras ou armas", insistiu.

 

Em comunicado, o director da Reuters David Schlesinger afirmou que a morte dos dois trabalhadores da agência "foi trágica e emblemática dos perigos extremos ligados à cobertura em zonas de guerra". "O vídeo hoje divulgado via Wikileaks é a prova dos perigos associados ao jornalismo de guerra e das tragédias que podem acontecer", acrescentou. Depois da divulgação do vídeo, a responsável nos Estados Unidos da organização Repórteres sem Fronteiras pediu ao Pentágono para dar provas de maior transparência e à administração Obama para mostrar "respeito pela justiça".

 

NOTÍCIA JORNAL DE NOTÍCIAS

publicado por Portugal TV às 12:54
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
pesquisar neste blog
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30