06 de Dezembro de 2008

Tecnologia. Imagine-se a dobrar o seu aparelho receptor de televisão, em dois ou em quatro, como faria como uma folha, antes de o guardar no bolso. O primeiro protótipo de OLED, tecnologia que o tornará realidade, foi apresentado este ano.

 

Cores extremamente vivas, brilho fora de série e ainda melhor contraste são algumas das características que definem os novos televisores com tecnologia OLED (díodo orgânico emissor de luz). Mais: os aparelhos de TV do futuro podem vir a ser tão finos como uma simples folha de papel, enrolados ou dobrados e transportados no bolso .

"Até agora, os ecrãs eram apenas ecrãs", disse ao Financial Times o presidente do grupo de desenvolvimento da Sony que, desde 1998, tem vindo a investigar novos tipos de displays. "Vão poder fazer outras coisas", afirmou Tetsuo Urabe. "Por exemplo, será possível ter um sensor de imagem no ecrã, o que permitirá efectuar uma videochamada na qual a pessoa com quem se está a falar pode olhar directamente nos nossos olhos - em vez de fixar a câmara no topo do visor", explicou o químico.

Mas como é que um químico se torna líder de uma equipa que desenvolve ecrãs para TV? Na verdade, a questão é mesmo essa. Ao contrário da habitual electrónica, a tecnologia OLED assenta na utilização de compostos de moléculas de carbono, os díodos orgânicos, que emitem luz ao receber carga eléctrica. Material descoberto por um outro químico, o investigador da Kodak Ching Tang, no final dos anos 70.

Na prática, num televisor OLED, é o próprio ecrã que emite luz, mais precisamente vinda da fina camada de químicos vermelhos, verdes e azuis. Como não é necessária uma fonte adicional de luz, além de muito fino e leve, o aparelho necessita de pouca energia para funcionar.

Assim, porque é que os televisores OLED ainda não suplantaram os LCD e os plasma, 30 anos depois de descoberta a tecnologia e dez anos depois de estar a ser aplicada? Até há pouco, o químico azul deteriorava-se rapidamente, o que limitava o tempo de vida do televisor. Mas o problema está resolvido, garante Urabe. Restam dois contratempos: o processador digital, que controla o funcionamento dos píxeis, e o processo de produção, ainda dispendioso.

O Sony XEL-1, com três milímetros de espessura, chega à Europa em 2009 (nos EUA custa 2500 dólares, quase 200 euros). A Samsung afirma que a venda em massa do seu protótipo OLED vai começar em 2009. É esperar para ver... |

 

NOTÍCIA DIÁRIO DE NOTíCIAS

publicado por Portugal TV às 23:37
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
21
24
25
26
28
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
21
24
25
26
28