04 de Novembro de 2008

 

Os espectadores nortenhos revelam maior índice de satisfação face à programação televisiva em horário nobre. Braga, Aveiro e Bragança são os distritos que melhor consubstanciam esta realidade, demonstrada a partir de uma sondagem nacional.

 

Também as regiões autónomas da Madeira e dos Açores registam um grau de contentamento acentuado. A seguir, surgem o Porto, Viana do Castelo e Viseu.

 

Antagonicamente, em Leiria, Coimbra, Beja e Faro verifica-se a insatisfação mais flagrante (ver mapa). Segundo José Rebelo, coordenador do "Estudo de Recepção dos Meios de Comunicação Social", encetado pelo o Instituto Superior das Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE), em parceria com a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), "há múltiplas razões justificativas".

 

Mas a região Norte e os arquipélagos parecem apenas ser sintomáticos de uma tendência generalizada. Afinal, as pessoas mostram satisfação relativamente aos programas, contrariamente ao que se presume ser uma opinião pública - quase homógenea - depreciativa face aos conteúdos veiculados no pequeno ecrã.

 

"Não fiquei surpreendido", disse Rebelo. "Existe a rotina da televisão e não quiseram entrar em contradição com as suas práticas". Por outro lado, "há uma parte que responde como julga conveniente o que nem sempre está associado ao que pensa", frisou. Tem ainda de se ter em conta a diferença entre o conceito de satisfação, que é algo activo e denota envolvimento, com o de aceitação, sinal de passividade. "São pressupostos distintos que o estudo não tem condições para interpretar".

 

Rebelo explicou que as entrevistas foram realizadas de forma pessoal e directa, pelo que a amostragem, traduzida em 2205 inquéritos, é mais reduzida , do que se os contactos tivessem sido feitos via telefone. Porém, este método intensivo e aprofundado traz uma vantagem: "A mobilização e atenção do inquirido é muito superior", sendo que, por outro lado, "evita uma distorção". No entanto, "ao desagregar os resultados por distrito é preciso relativizar as percentagens", salvaguardou.

 

Posto isto, importa, pois, ter consideração que "as respostas são parciais" e esgotam-se "num volume pequeno", o que não nos permite retirar ilacções "muito sólidas e apoiadas", alertou. Não obstante, "nas ilhas grande parte da população, para ter acesso à SIC e à TVI precisa recorrer ao cabo", logo, proporcionalmente ao Continente, recebem mais canais, o que poderá legitimar o aprazimento constatado.

 

Outro dado curioso é que perante a pergunta aberta "o que seria preciso para melhorar a televisão?", em terceiro lugar, com 19,3%, surge "reduzir/acabar com as telenovelas" (ver gráfico). Ora, numa primeira leitura, não deixa de ser estranho, quando este tipo de produtos é aquele que consegue captar audiências mais significativas. Aparentemente, é paradoxal. Acontece que só respondeu quem, à priori, manifestou desagrado com as grelhas televisivas.

 

"A maior parte das sugestões vem contra-corrente, sobretudo dos sectores críticos minoritários, que contrariam o que é a tendência", elucidou José Rebelo. Quanto a um eventual perfil deste grupo, o responsável indicou que "os inquiridos mais jovens revelam algum nível de insatisfação", mas são desinteressados e mobilizam-se pouco. "Estão-se nas tintas", sintetizou. Por sua vez, pessoas mais velhas, entre os 30 e os 50 anos de idade, com formação superior, constituem a fatia que mais reservas efectivas apresenta.

 

 

publicado por Portugal TV às 22:20
VÍDEOS
Televisões mostram José Sócrates a preparar comunicação ao País Bloqueio à Liberdade de Informação no CascaisShopping
Em Votação:
"Peso Pesado" poderá ser a salvação das audiências da SIC?
Sim, porque é um programa cativante que fideliza o público.
Não, porque o programa é um bocado entediante.

últ. comentários
Parabens pelo blog :)
Viva!Não sei se alguem ira ler este meu comentario...
Herman José na rtp! Finalmente! Eu adoro-o desde s...
Esta foi das melhores noticias da tv que recebi! e...
Meu caro, Alguém o obriga a vir cá? Eu só visito o...
Este blog parece (ou é) um blog sobre a sic....
"O MELHOR GENÉRICO" O PRIMEIRO CONCURSO DO SÉRIES ...
sinais de fogo
O único exemplo no meio desta historieta que realm...
Caro TVI Blog, apenas alguns esclarecimentos:1- La...
Número de Visitantes:
free hit counter
hit counter
RECORDE DE VISITANTES:
EU JORNALISTA atingiu o recorde de 1466 visitantes únicos no dia 7 de Setembro de 2009, o que corresponde a 2301 visualizações do blog num único dia. Obrigado pela preferência e... volte sempre! (O anterior recorde foi de 376 visitantes no dia 1 de Fevereiro de 2009.) portugaltv@sapo.pt
BEM-VINDOS AO BLOGUE "EU JORNALISTA"
Agora com novas funcionalidades: VIDEO e MÚSICA.
MÚSICA
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
29
30
Últimas Audiências:
AUDIÊNCIAS MAIO 2011: TVI: 25,9%, SIC: 24% RTP: 22,1%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2011: TVI: 25,8%, SIC: 23,2% RTP: 21,5%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2011: TVI: 26,3%, SIC: 23,5% RTP: 23%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2011: TVI: 26,9%, SIC: 22,9% RTP: 22,9%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2011: TVI: 28%, SIC: 24.1% RTP: 23.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2010: TVI: 27,5%, RTP: 24,2%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2010: TVI: 28.1%, RTP1: 24.5% SIC: 22.4%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2010: TVI: 27,3%, RTP1: 25,4% SIC: 23,1%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 26,5%, RTP1: 23,6% SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2010: TVI: 27%, RTP1: 24,6% SIC: 22,3%. AUDIÊNCIAS MAIO 2010: TVI: 26,9%, RTP1: 23.7% SIC: 23.5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2010: TVI: 27.3%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.8% AUDIÊNCIAS MARÇO 2010: TVI: 28.7%, SIC: 23.8%. RTP1: 23.5% AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2010: TVI: 27,5%, SIC: 25,3%. RTP1: 24,7% AUDIÊNCIAS JANEIRO 2010: TVI: 28,5%, SIC: 25,2%. RTP1: 24,5% AUDIÊNCIAS ANO 2009: TVI: 28,7%, RTP: 24%, SIC: 23,4% AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,9%, SIC: 24%. AUDIÊNCIAS NOVEMBRO 2009: TVI: 28,4%, RTP1: 24,6%, SIC: 22,6%. AUDIÊNCIAS OUTUBRO 2009: TVI: 28,5%, RTP1: 23,9%, SIC: 23,4%. AUDIÊNCIAS SETEMBRO 2009: TVI: 27,5%, RTP1: 24,4%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS AGOSTO 2009: TVI: 25,8%, RTP1: 24,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS JULHO 2009: TVI: 28%, SIC: 24,3%, RTP1: 21,9%. AUDIÊNCIAS JUNHO 2009: TVI: 29%, SIC: 23,5%, RTP1: 22,2%. AUDIÊNCIAS MAIO 2009: TVI: 31,5%, RTP1: 23,2%, SIC: 21,5%. AUDIÊNCIAS ABRIL 2009: TVI: 30,2%, RTP1: 23,2%, SIC: 22,4%. AUDIÊNCIAS MARÇO 2009: TVI: 29,6%, RTP1: 24,3%, SIC: 23,2%. AUDIÊNCIAS FEVEREIRO 2009: TVI: 28,7%, RTP1: 25.9%, SIC: 24,4%. AUDIÊNCIAS JANEIRO 2009: TVI: 28,9%, SIC: 25.9%, RTP1: 25.4%. AUDIÊNCIAS DEZEMBRO 2008: TVI: 29.8%, RTP1: 25.5%, SIC: 25.4%. AUDIÊNCIAS ANO 2008: TVI: 30.5%, SIC: 24.9%, RTP1: 23.8%.
pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
29
30